Obra inaugurada em Picos há dois anos continua sem funcionar imprimir publicado em: 11 / 12 / 2016

centroInaugurado há dois anos pelo então prefeito de Picos e hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Kléber Eulálio, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) ainda está sem funcionar. No local, estão vários equipamentos modernos sem qualquer utilização.

O CEO foi inaugurado pelo então prefeito de Picos, Kléber Eulálio, em solenidade realizada na noite de 9 de dezembro de 2014. Dois anos depois, o prédio permanece fechado a cadeado e cheio de equipamentos sem qualquer serventia para a população, principalmente para os mais carentes.

O espaço destinado ao Centro de Análises Odontológicas fica localizado na avenida Nossa Senhora de Fátima, centro. No local anteriormente funcionava o Ambulatório “Dr. Antenor Neiva”, que foi transferido para um prédio alugado, gerando despesas para o município.

Inauguração 

Durante a solenidade de inauguração o então prefeito, Kléber Eulálio, garantiu que o CEO seria um local de referência para procedimentos complexos de odontologia, permitindo o acesso aos usuários da rede pública de saúde.

kleber eulalio

Centro foi inaugurado pelo então prefeito Kléber Eulálio em dezembro de 2014

Ressaltou ainda o então gestor, que a iniciativa fazia parte de um programa do governo federal denominado de Brasil Sorridente e, sua competência era de âmbito especializado.

A estrutura do centro é considerada avançada, pois dispõe de sete consultórios odontológicos, sala de esterilização, banheiros, copa e cozinha. Além do mais, a equipe de profissionais seria composta por cirurgiões dentistas, auxiliares de saúde bucal, recepção e pessoal administrativo.

Promessas

A então secretária municipal de Saúde de Picos, Ana Eulálio, anunciou durante a inauguração do CEO, que lá seriam ofertadas diversas especialidades no tratamento de atenção básica. Dentre as quais ela destacou endodontia (tratamento de canal), periodontia (tratamento de doenças da gengiva), cirurgias e próteses. Prestaria ainda atendimento aos pacientes com deficiência física e motora, funcionando nos turnos da manha, tarde e noite.

Ana Eulálio garantiu também que os procedimentos junto ao Ministério da Saúde para que o CEO entrasse em funcionamento, já tinham sido tomados. A previsão dela era de que a população começasse a contar com o serviço a partir de fevereiro de 2015. Passados dois anos da promessa, o prédio continua trancado.

Ano passado o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), disse que as questões burocráticas estavam sendo resolvidas e, sua intenção era colocar o CEO para funcionar neste ano de 2016. Ficou apenas na promessa.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas