Olho D’água teve um candidato e não terá oposição no município imprimir publicado em: 04 / 10 / 2016

Olho D'aguaSem concorrentes nas eleições para prefeito na cidade de Olho D’água do Piauí, a 237 km de Teresina, o prefeito “eleito” Antônio Francisco dos Santos (PSB) conseguiu o feito de ter os óbvios 100% dos votos e, além disso, ainda conseguiu a maioria na câmara. Sem oposição, ele alega que será mais fácil governar apenas com as críticas de quem está no governo, mas nem sempre concordar com tudo.

A eleição na pequena cidade de 2390 habitantes e com economia baseada na agricultura foi um caso inusitado. Apenas um candidato manifestou interesse em ocupar o cargo do executivo municipal. E na reeleição. E pela quarta vez. Segundo o prefeito, tudo por conta de uma fórmula simples: “Aqui a gente tinha oposição. Mas só que eu não tenho inimigos políticos. Mas um dia, o pessoal que era contra achou por bem, que o melhor para a cidade, é estarmos todos juntos. E assim foi feito”, conta Antônio Francisco.

Segundo Antônio, que é médico e foi o primeiro prefeito da cidade, criada em 1997, apesar de ter tido uma campanha tranquila, não deixou de percorrer a cidade e ouvir a população durante a “disputa eleitoral”. “Eu participei de tudo, caminhada, reuniões, palestra, tudo com a população. Como temos vários candidatos a vereador, eu acompanhei eles. Fiz tudo como determina o TSE para um candidato. Foi tudo regular conforme a lei”, destaca.

Para o prefeito, governar sem oposição não é garantia de voz absoluta, ainda mais quando as 9 vagas da Câmara foram preenchidas por candidatos que ele apoiou, dos 29 que disputaram o pleito. “Tivemos chapa única, mas isso não quer dizer que será fácil. Ouvimos a todos, mas tem sempre alguém que não é inimigo, mas é mais crítico com ações e isso tem que ser respeitado”, comenta.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas