Palmeiras e City acertam venda de Gabriel Jesus por R$ 121 milhões imprimir publicado em: 03 / 08 / 2016

JesusA novela envolvendo o futuro de Gabriel Jesus acabou. Palmeiras e Manchester City acertaram a venda do atacante de 19 anos por 32,75 milhões de euros (cerca de R$ 121,1 milhões, na conversão da moeda de quando o acordo foi definido). Os clubes confirmaram a transferência.

Do valor total da negociação, 20,75 milhões de euros (R$ 76,7 milhões) ficarão com o Verdão. O restante ficará com os empresários que tinham parte nos direitos econômicos e o próprio atleta.

– O Manchester City é um dos maiores clubes do mundo, e estou muito feliz por assinar com eles. Tem muitos grandes jogadores e um treinador fantástico, que é o Pep Guardiola, com quem posso aprender muito – disse Gabriel Jesus, em entrevista ao site oficial do City.

Concentrado com a seleção brasileira para a disputa dos Jogos Olímpicos, Gabriel Jesus vai se apresentar ao seu novo clube em janeiro. A permanência do atacante até o fim do Campeonato Brasileiro era uma exigência da diretoria alviverde, que segurou as principais peças do plantel comandado por Cuca para a disputa do título nacional.

O Palmeiras vai lucrar também com bônus de acordo com a performance do atleta no futebol inglês, além de 5% de uma eventual futura negociação.

O texto de apresentação de Gabriel Jesus no site oficial do Manchester City destaca que ele pode jogar em qualquer uma das três posições de ataque. A matéria do site do clube inglês também elogia a explosão, a velocidade e a habilidade dele no “um contra um”. Por fim, os ingleses o definem como “a quintessência do atacante brasileiro”.

– Estamos muito felizes pelo Gabriel ter escolhido se juntar a nós. Ele é um dos jogadores jovens mais promissores do mundo e joga de maneira espetacular. Nossa expectativa é que ele cause um grande impacto no Manchester City em janeiro – afirmou Txiki Begiristain, diretor de futebol do clube inglês.

– Espero mostrar o meu melhor aos torcedores do City e eu acho que teremos um grande futuro juntos – completou o atacante, que assinou vínculo válido até o fim da temporada 2020/2021.

O texto do site do City também cita uma declaração recente de Ronaldo Fenômeno apontando Gabriel Jesus e Gabigol como os dois jogadores mais promissores do futebol brasileiro. O palmeirense é a sexta contratação da era Guardiola no City. Antes dele, foram contratados Leroy Sane, Ilkay Gundogan, Nolito, Oleksandr Zinchenko e Aaron Mooy.

Gabriel Jesus foi promovido ao elenco profissional em janeiro de 2015, depois da disputa da Copa São Paulo. Na renovação contratual de dezembro do ano anterior, os direitos econômicos foram divididos entre clube (30%) e as empresas CR Sports (que ficou com 47,5%, controlados em sociedade entre o empresário Cristiano Simões e o atleta) e Naima (da esposa do ex-agente Fabio Caran, responsável por 22,5%).

Para liberar o atacante, considerado uma das maiores promessas do futebol brasileiro da atualidade, a diretoria do Palmeiras negociou uma maior participação. Desta maneira, o clube, que teria direito a R$ 35,5 milhões, acabou lucrando mais de R$ 41 milhões que o previsto.

Na mira de grandes clubes europeus, Gabriel Jesus despertou interesse de Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, Manchester United, Juventus e Inter de Milão. Mas uma ligação do técnico espanhol Pep Guardiola, do City, acabou sendo decisiva para o acerto do atacante com o clube inglês.

No total, Gabriel Jesus fez 70 partidas e marcou 26 gols. Nesta temporada, são 19 gols em 33 partidas. Mesmo ausente das últimas duas rodadas do Brasileirão, ele continua como artilheiro da competição, com dez gols. Com o palmeirense como titular, a Seleção estreia na Olimpíada do Rio de Janeiro na próxima quinta-feira, às 16h, contra a África do Sul, em Brasília.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas