Paulo Baier brilha sobre zagueiro novato, e Criciúma bate o São Paulo imprimir publicado em: 29 / 08 / 2014

michel bastosQuando Paulo Baier estreou pelo Criciúma, em 1997, Lucão era apenas uma criança recém-nascida. A experiência do jogador do time catarinense (39 anos) sobre o jovem zagueiro do São Paulo (18) foi o ponto de desequilíbrio numa partida muito parelha no Heriberto Hülse, na noite desta quinta-feira, pela Copa Sul-Americana. Graças a duas jogadas de pura inteligência de Baier sobre Lucão, o Criciúma levou a melhor e venceu o Tricolor por 2 a 1.

Atuando quase como centroavante, Baier, obviamente sem o fôlego de antes, mas com muito mais inteligência tática, parecia se poupar. Só ia na boa. Mas fez a diferença. No primeiro gol, enganou Lucão ao fazer um corta-luz brilhante, deixando Silvinho de cara com Rogério Ceni. No segundo, deslocou-se para receber e deu com açúcar para Lucca marcar. Alexandre Pato fez o gol de um São Paulo muito modificado – Rafael Toloi, Denilson, Ganso, Kaká e Alan Kardec foram poupados por Muricy Ramalho.

O jogo da volta será na quinta-feira, no Morumbi, às 20h. O Criciúma jogará pelo empate. Ao São Paulo, basta uma vitória simples, por 1 a 0. Se o Tricolor levar um gol, precisará vencer por dois de diferença, por conta do critério de gols fora de casa. Um 2 a 1 para o São Paulo leva a disputa para os pênaltis.

Pelo Brasileirão, os dois times jogam no domingo. O São Paulo permanece em Santa Catarina, mas em Florianópolis, treinando para o jogo contra o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli. Já o Criciúma viaja para Pernambuco, onde enfrenta o Sport no estádio Lacerdão, em Caruaru, também às 16h.

globoesporte.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas