Pedido de vistas barra julgamento do concurso de cartórios imprimir publicado em: 19 / 03 / 2018

tj-pi

Tribunal de Justiça do Piauí (Foto: Gustavo Almeida/G1)

O julgamento do concurso para novos cartorários do Piauí foi suspenso novamente na tarde desta segunda-feira (19) no Tribunal de Justiça. Já se passaram cinco anos desde a realização do certame, mas até então não há uma definição sobre o concurso, que foi suspenso por uma liminar do TJ. Na época candidatos acionaram a Justiça questionando o edital e outros pontos.

O desembargador Luiz Gonzaga Brandão de Carvalho pediu vistas dos autos do processo e com isso, o julgamento deverá retornar à pauta após duas sessões.

Para o advogado Fábio Veloso, que atua na defesa dos classificados no concurso julgamento do concurso, os desembargadores devem seguir o entendimento do CNJ que não houve violação. “É uma situação normal que acontece em casos de grande complexidade como esse. Para nós há uma possibilidade que é seguir o entendimento do CNJ sobre a matéria para convalidar todos os atos da comissão do concurso, homologar e encerrar o certame”, acredita o advogado.

O advogado Esdras Belleza defende um dos impetrantes do mandado de segurança. O candidato questiona a aferição dos pontos destacando que não estavam de acordo com a constituição.

Atos legais

Em dezembro do ano passado, a ministra Carmem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional Justiça (CNJ), garantiu que todos os atos praticados pela comissão do concurso foram legítimos e legais.

A vereadora Graça Amorim, uma das parlamentares que levantou a bandeira do concurso nos cartórios, reitera que a convocação dos aprovados será um avanço porque vai ampliar o número de cartórios, descentralizando assim os serviços e atendendo os municípios do interior.

O 1º Concurso Público para Outorga de Delegação de Serviços Notariais e Registrais do Estado do Piauí foi iniciado em 2013, teve 1.756 inscritos que disputaram 292 unidades extrajudicias do tribunal.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas