Perto da Copa, Marias Chuteiras dão dicas de como conquistar jogadores imprimir publicado em: 29 / 05 / 2014

musasSede da Copa do Mundo 2014, o Brasil deve receber cerca de 960 jogadores de futebol representando 32 seleções que irão desembarcar por aqui nas próximas semanas. Os atletas estarão hospedados de norte a sul do país em capitais e cidades do interior. Entre os grandes astros do esporte que irão desfilar nos gramados brazucas estão nomes como Cristiano Ronaldo e Lionel Messi. E enquanto alguns sonham ver o talento dos jogadores em campo, outros veem nessa aproximação uma oportunidade de conhecer seus ídolos e, quem sabe, até ter algo a mais com eles.

MULHER MELÃO
Autointitulada “Maria Chuteira aposentada,” Renata Frisson, a Mulher Melão, aconselha: “O grande segredo de uma Maria Chuteira é ser ousada. Ela tem que começar a frequentar os lugares que os jogadores gostam de frequentar, que geralmente são funks e pagodes, e investir no corpo. Porque jogador adora mulher sarada, cheirosa, malhada e bem segura de si. Tem que investir no corpo, no visual, no gingado e no olhar para poder seduzir”. Renata também dá outra dica que, segundo ela, é infalível: “Marquinha de biquíni eles adoram. É um tiro no coração”.

melao

Quando era adolescente – muito antes de responder como Mulher Melão -, Renata costumava frequentar os treinos e já chegou até a pular o muro de um clube para poder acompanhar os jogadores dos quais era fã. “Comecei como Maria Chuteira muito nova, era apaixonada por futebol e lembro que na época ainda era virgem. Fui a porta de hotel, fazia de tudo para ter um autógrafo e poder tirar uma foto com eles. Comecei assim. Depois fiz amizade com os amigos deles para poder me aproximar”, lembra ela.

DANI SPERLE
Dani Sperle, que coleciona ex-namorados como Adriano Imperador e Cláudio Pitbull, garante que hoje em dia prefere investir em relacionamentos com pessoas que tenham outra profissão pois namorar jogador “dá muito trabalho”. Apesar da afirmação, ela diz que tem pelo menos dois ex-namorados na atual Seleção Brasileira, mas prefere não revelar nomes.

sperle

Dani explica que o principal erro das mulheres que se aproximam dos jogadores é ser monotemática e só falar de futebol. “Cada jogador é de um jeito, tem uma personalidade, mas a menina tem que saber falar de tudo. Sobre esporte também, mas acho que é bom mudar um pouco o assunto porque para eles isso é trabalho. Talvez falar sobre viagens que ela já fez ou lugares que gostaria de conhecer, porque normalmente eles já viajaram bastante e têm o que falar sobre isso”, afirma.

ANDRESSA URACH
Andressa Urach, que ficou conhecida internacionalmente pelo affair com Cristiano Ronaldo, brinca. “Claro que pode dar certo. A Samambaia virou”, aponta ela, se referindo a Dani Souza, mulher do jogador Dentinho, que ficou conhecida como a Mulher Samambaia no “Pânico”.

Entretanto, para as meninas que sonham com um compromisso, ela esclarece: “Saibam que serão usadas, porque dificilmente os jogadores vão assumir a relação. Geralmente quando eles se envolvem num nível mais sério, que dão valor, é porque se trata de alguém que eles já namoravam antes da fama. Ou então buscam namoradas comuns, mulheres que nunca transaram com os amigos deles. Se eles forem assumir namoro vai ser com alguma patricinha de família, com status, que não tenha fama de periguete ou que seja da novela das nove”.

andressa

Após o desfecho conturbado de seu encontro com o jogador do Real Madrid, ela cogita um revivel com o português “desde que ele não me trancasse no quarto e me ameaçasse de morte. Seria muito bom”, diz ela, se referindo às acusações que fez contra o jogador na ocasião.

VANESSA TRASQUETTO
Vanessa Tasquetto, autora do funk “Maria Chuteira – Vou te pegar”, é direta e não faz rodeios, assim como mostra um trecho de sua música: “Vou mandando a real, então se liga no recado. Não quero andar de fusca, eu quero é carro importado”. Com affairs – que ela prefere chamar de “amizades” – com Adriano Imperador e Ronaldinho Gaúcho, ela afirma que uma potencial “Maria Chuteira” não deve medir esforços para chamar a atenção do jogador pelo qual está interessada, porque a concorrência é grande.

tascheto

“A garota tem que ter atitude. Vai torcer, berra, sapateia, dá um jeito, mas acho que a roupa ajuda bastante. Sou fã de decote e acho que com um bom decote com uma roupa coladinha em cima de um salto alto, não tem mulher que não chame a atenção. Empina a bunda e vai”, diz ela. Vanessa defende ainda que a “Maria Chuteira” deve ser bem cuidada, mas sem exageros. “Eu não gosto de muita maquiagem e gosto das minhas unhas pintadas no modelo francesinha, uma coisa mais discreta”, conta ela, que não faz o tipo sarada.

MUSA DAS EMBAIXADINHAS
Raquel Benetti, conhecida como a “musa das embaixadinhas”, já trabalhou com os jogadores de futebol mais quentes do momento em eventos e, invariavelmente, recebeu convites para sair. Ela, inclusive, estará presente na abertura da Copa, contratada pela Fifa. Apesar de ser fã do esporte e se emocionar ao encontrar os ídolos, Raquel garante que nunca saiu com um jogador pois namora há seis anos.

raquel

“Já fugi bastante de jogador de futebol. Recebi propostas do tipo ‘De que carro você gosta? Que carro você quer ter?’. Mas fui bem sincera e expliquei que só tive uma pessoa na vida e que ele não seria a segunda. Não posso virar inimiga e nem amiguinha demais porque sempre encontro em eventos”, explica ela, sem revelar o nome do admirador ousado.

Ego


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas