Piauí: Justiça ordena leilão de 150 botijões de gás de prefeito imprimir publicado em: 23 / 07 / 2016

botijoesAcusado de sonegação, o prefeito de Jurema do Piauí, Francisco José da Silva Neto teve bens penhorados pela Justiça Federal. Em duas decisões da justiça para distribuidoras de gás localizadas no mesmo endereço, somam-se mais de R$ 75 em bens correspondentes a 150 botijões de gás e um caminhão.

Em três processos reunidos, julgados pela subseção judiciária de São Raimundo Nonato através dos juízes Pablo Enrique Carneiro e Renata Almeida de Moura Isaac. Numa delas, contra a FJ Distribuidora de Gás LTDA, localizada na Rua Dr. Humberto Paixão, de propriedade de Francisco José da Silva Neto. A empresa atua no comércio varejista de gás liquefeito de petróleo e teria uma dívida de mais de R$ 130 mil com a União, segundo a Justiça Federal. Diante disso, foi determinada a penhora de 150 botijões de gás, avaliados em R$ 20.250 mil.

Em outro processo julgado pela juíza Renata Almeida de Moura Isaac, desta vez contra a empresa FL distribuidora de Gás LTDA, que atua no transporte rodoviário de produtos perigosos e o comércio varejista de bebidas, é condenado a penhora de um caminhão Mercedes Benz, ano 1996, avaliado em R$ 55 mil. O valor da dívida, neste caso, é de R$ 29.012. A empresa funciona no mesmo endereço, mas em nome de Domingos da Silva Sousa.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas