Piauí tem 120 sessões sem energia e urnas funcionarão a bateria imprimir publicado em: 20 / 09 / 2016

urna

Quase 30 mil eleitores votarão em urnas que funcionam a bateria no Piauí

Segundo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí, 120 sessões eleitorais não possuem energia elétrica. E para garantir que quase 30 mil eleitores participem das eleições de 2016, que elege prefeitos e vereadores municipais, o órgão informou que as urnas eletrônicas dessas sessões funcionarão a bateria.

As sessões que receberão as urnas estão em zonas rurais das cidades de São Raimundo Nonato, Avelino Lopes, Fronteiras, Bom Jesus, Cristalândia, Curimatá, Santa Filomenta, Bertolínia, Antônio Almeida, Valença e Fronteiras.

Conforme a coordenadora de eleições do TRE-PI, Silvani Maia, a ideia é garantir que todos os eleitores escolham os seus representantes e que todo o sistema de votação esteja 100% informatizado.

“O TRE tem um plano de contingência que acontece em todos os pleitos eleitorais. Nós mandaremos para essas localidades, baterias extras para que elas se mantenham ligadas do início ao fim da votação”, disse.

Segundo Silvani, as urnas que funcionam a bateria conseguem estar ligadas em um tempo de duração de 5 a 7 horas. Por isso, serão enviadas às sessões baterias extras para que elas possam ser substituídas durante a votação.

Biometria
Nas eleições municipais do dia 2 de outubro, um total de 1.640.378 eleitores piauienses estarão aptos a votar pelo sistema de biométrico. O número representa 68,84% do eleitorado do Piauí. Dos 224 municípios, apenas 99 terão a votação com identificação pela biometria.

Ainda conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 742.323 eleitores ainda não votarão com biometria, o que corresponde a 31,15% do eleitorado. São 125 cidades que ainda deverão ser submetidas à atualização cadastral para o novo sistema.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas