Piauí teve aumento de 4,5% no número de empresas ativas imprimir publicado em: 13 / 10 / 2017

vikstarO Piauí teve um aumento de 4,5% no número de empresas ativas em 2015. O dado foi divulgado nessa quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) através da pesquisa “Demografia das Empresas”. O estudo informa o quantitativo de empresas que se instalaram ou voltaram a operar no exercício de 2015, bem como as que fecharam suas atividades no mesmo período.

Segundo o IBGE, o Piauí encerrou aquele ano com 43.317 unidades locais ativas, um aumento de 4,5% em relação a 2014. Em 2015  foram instaladas ou voltaram a operar no Estado 7.590 unidades locais, o que representava 17,5% do total das empresas ativas de 2015. No mesmo período foram encerradas as atividades de 5.719 unidades locais, o que restou numa entrada líquida de 1.871 unidades.

De acordo com o órgão, os dados demográficos das empresas permitem, ainda, visualizar que em 2015 as atividades econômicas que possuíam mais unidades locais eram: 1) Comércio, com 26.257 unidades (60,62%); 2) Indústrias de transformação, com 2.971 unidades (6,86%); 3) Alojamento e alimentação, com 2.286 unidades (5,28%); 4) Saúde humana e serviços sociais, com 1.980 unidades (4,57%); e 5) Construção, com 1.735 unidades (4,01%).

Já em relação ao pessoal ocupado assalariado, em 2015 as principais atividades econômicas foram: 1) Comércio, com 88.501 pessoas ocupadas (34,01%); 2) Atividades Administrativas e serviços complementares, com 37.799 pessoas ocupadas (14,52%); 3) Indústrias de transformação, com 28.876 pessoas ocupadas (11,10%); 4) Construção, com 28.340 pessoas ocupadas (10,89%); e 5) Alojamento e Alimentação, com 12.990 pessoas ocupadas (4,99%).

“Ao ampliarmos a apuração das informações para o Piauí num período mais amplo, possibilitando visualizar um comportamento de longo prazo, para o período de 2007 a 2015, verificamos que houve um crescimento do quantitativo de unidades locais das empresas da “, explica Eyder Mendes Vilanova e Silva, supervisor de Documentação e Disseminação de Informações.

Segundo ele, o dado mais expressivo na pesquisa foi o crescimento do número de pessoas ocupadas assalariadas, da ordem de 79,86% no mesmo período. “Assim, haviam 144.691pessoas ocupadas assalariadas em 2007, números que evoluíram para 260.241 pessoas em 2015”, finalizou.

 

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas