Pinturas rupestres são alvos de vandalismo em sítio arqueológico no PI imprimir publicado em: 24 / 10 / 2017

pinturas rupestresPinturas rupestres foram alvos de vandalismo no Sítio Arqueológico da Baixa do Cajueiro, localizado na Zona Rural do município de Castelo do Piauí, a 190 km de Teresina. As antigas representações artísticas foram cobertas com a expressão “Os cães”, grafadas com tinta preta. De acordo com a Associação de Condutores de Turistas e Visitantes de Castelo do Piauí (Condatur), a pichação foi feita há mais de vinte dias e não há fiscalização no local.

O sítio alvo da ação criminosa fica localizado à rodoviária estadual PI-322. “Da para ver de longe o nome grande, em tinta preta. Lá não tem proteção nenhuma contra esse tipo de ação. Esses sítios são catalogados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), mas apenas os que recebem uma carga maior de turistas têm uma proteção montada em parceria com a Prefeitura Municipal”, explicou o vice-presidente da Condatur, Augusto Júnior.

Segundo Augusto Júnior, existem pelo menos 50 sítios arqueológicos em Castelo do Piauí e apenas três deles são atendidos pela parceria entre o IPHAN e a Prefeitura Municipal. “A Pedra do Castelo e outras formações rochosas nos Picos dos André têm passarelas que foram montadas há quase dez anos e nunca tiveram nenhum tipo de manutenção”, afirmou.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas