Pleno do TRE aprova extinção de 24 Zonas Eleitorais no Piauí imprimir publicado em: 15 / 08 / 2017

pleno do TREPor cinco votos a dois, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral  do Piauí (TRE) acatou a proposta do juiz José Wilson de que fossem extintas 24 Zonas Eleitorais do Piauí, ao invés de 29.

Somente o presidente Joaquim Santana, que era a favor da extinção das 29 e o desembargador Edvaldo Moura, que era contra a extinção de qualquer zona, votaram contra a nova proposta.

De acordo com a sugestão de José Wilson, devem ser mantidas as Zonas de Campo Maior (46ª), Parnaíba (4ª), Jerumenha (25ª), Monsenhor Gil (58ª) e Matias Olimpio (80ª). Segundo ele, a extinção dessas causaria enormes prejuízos aos eleitores.

O procurador Regional Eleitoral, Israel Gonçalves, informou que a proposta do juiz José Wilson foi baseada nas mudanças feitas pelo Tribunal de Justiça do Piauí ainda no ano passado, que agregou 24 comarcas e como uma zona eleitoral só pode existir se tiver um juiz e um promotor comum, foi o que o TRE considerou que poderia ser extinta.

“A presença da Justiça Eleitoral é importante nos municípios porque facilita para o eleitor e para a própria justiça fiscalizar durante o processo eleitoral. No nosso estudo levamos em conta que o Piauí ainda possui uma população rural muito grande, com municípios com área territorial grande que dificulta o transporte de eleitores, além do acirramento eleitoral que tem necessidade de fiscalização e por tudo isso decidimos preservar 32 zonas eleitorais”, argumentou o procurador regional.

No estudo inicial do TSE, a extinção seria de 56 zonas, mas o TRE entende que quem conhece a realidade do Piauí é o Tribunal e por isso ele quem deve determinar as mudanças.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas