PM do Piauí estava em viatura da Força Nacional atacada no Rio imprimir publicado em: 11 / 08 / 2016

ataqueUm policial militar do Piauí identificado como Rafael Pereira estava na viatura da Força Nacional que foi atacada na tarde desta quarta-feira, na entrada da Vila do João, localidade do Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

De acordo com o Ministério da Justiça, eles entraram por engano na comunidade e foram recebidos a tiros por homens armados. Um dos militares, identificado como soldado Hélio Vieira, de Roraima, foi baleado na cabeça e perdeu massa encefálica. Em estado grave, ele foi internado no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, zona norte.

Os outros policiais foram encaminhados para o Hospital Sousa Aguiar, no Méier, e para o Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, ambos na zona norte.

Um oficial da Força Nacional gravou um áudio via whatsapp informando que o PM do Piauí Rafael Pereira foi o único dos três militares a não ser baleado no ataque, e teria, inclusive, ajudado no socorro aos dois colegas. Ainda não há, no entanto, a confirmação de que Rafael de fato não sofreu ferimentos.

“O soldado Rafael, do Piauí, que socorreu os dois, está de acompanhante no Hospital Salgado Filho. Está bastante nervoso, em estado de choque, mas não sofreu nenhum disparo, não sofreu nenhuma lesão no seu corpo”, afirmou o oficial, momentos após o ataque.

O terceiro integrante da equipe foi identificado como capitão Alen, do Acre. Ele foi atingido no rosto mas também estaria fora de perigo.

O comandante da Força Nacional de Segurança, coronel Alexandre Aragon, deslocou-se até o hospital onde está o militar que foi ferido mais gravemente, para acompanhar sua situação.

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Homicídio do Rio vai investigar o crime.

soldados

portalodia.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas