PM é acionada para escoltar carro-forte em Cabeceiras após ataques imprimir publicado em: 21 / 02 / 2018

pmA Polícia Militar de Campo Maior foi acionada nesta terça-feira (20) para escoltar um carro-forte de uma empresa de transporte de valores na PI-113 após os vigilantes suspeitarem que o veículo estava sendo seguido por um carro durante o percurso entre os municípios de Barras de Cabeceiras. A informação é do comandante do 15º BPM de Campo Maior, major Etevaldo Alves.

De acordo com ele, os quatro seguranças que estavam dentro do veículo no momento ficaram com medo ao estranharem a movimentação de uma picape de cor preta que estaria seguindo o o carro-forte, desde a saída de Barras. “Eles contaram que em determinado o veículo fez uma ultrapassagem e depois reduziu a velocidade até ficar próximo novamente do carro-forte. Foi nesse instante que eles decidiram pedir apoio nosso, para dar mais segurança no trajeto”, relata o major Etevaldo.

A Polícia Militar enviou duas viaturas que escoltaram o carro-forte até a entrada de Cabeceiras. Os veículos da PM cercaram o veículo, mas durante o percurso não foi percebida nenhuma movimentação suspeita na estrada. A PM também não identificou nem chegou a ver o veículo apontado como sendo o que estaria seguindo o carro da empresa de valores.

Ataques simultâneos

O pedido de escolta feito pelos vigilantes nesta terça-feira (20) aconteceu no dia seguinte aos ataques simultâneos a carros-forte na estrada entre Campo Maior e Altos, e no Povoado Estaca Zero, próximo a Água Branca. Bandidos fortemente armados explodiram os veículos de duas empresas de transporte de valores e em uma das ações conseguiram subtrair R$ 1,2 milhão . Quatro vigilantes ficaram feridos e até o momento ninguém foi preso.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas