PM terá 709 policiais no Corso e interior vai receber reforço no carnaval imprimir publicado em: 08 / 02 / 2017

corsoEstá fechado o planejamento da segurança para o Corso de Teresina, que será realizado no dia 18 de fevereiro e tem expectativa de receber 300 mil pessoas. Durante o evento serão mobilizados 709 policiais militares divididos em três turnos de serviço. As atribuições da PM, Polícia Civil, Samu, Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros foram definidas em reunião ocorrida nesta quarta-feira (8).

O estacionamento da Ponte Estaiada vai receber o ponto central de segurança, onde estarão as bases da Polícia Militar, Polícia Civil e SAMU. Haverá 20 elevados da PM distribuídos por pontos estratégicos, onde também ficará pelo menos um Bombeiro Militar para auxiliar os foliões em caso de acidentes e um extintor de incêndios.

“A Polícia Militar vai estar no entorno, nas vias de acesso e nos bairros circunvizinhos. Chegaremos antes, estaremos durante e depois do evento. Em parceria com as outras policias, teremos um corso tranquilo”, disse o comandante geral da PM, coronel Carlos Augusto.

O percurso da concentração de carros durante o Corso em Teresina para este ano foi modificado. Agora, os caminhões que participarão da festa devem se organizar na Avenida Petrônio Portela, Zona Norte da capital. Antes, a concentração começava na Avenida Marechal Castelo Branco. O evento começa às 16h do sábado (18) e os veículos deverão transitar em faixas estabelecidas e sinalizadas pela organização do Corso, através das grades de proteção.

Operação Carnaval 2017
Durante o Carnaval, em Teresina, 14 eventos contarão com reforço policial. Para isso, 231 policiais serão empenhados por meio de operações planejadas. No interior do estado, seis municípios receberão reforços das seguintes unidades do CPE: Batalhão de Policiamento Rondas de Natureza Especial (BPRONE), Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTRAN), Batalhão Tático Aéreo de Polícia (BTAP), Esquadrão Independente de Policiamento Montado (EIPMONT) e Canil.

De acordo com a PM, será dada atenção especial às cidades litorâneas – Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia – onde é esperado maior fluxo de turistas. Outros 24 municípios receberão reforço do policiamento ordinário.

No total, 1.577 policiais militares serão deslocados da capital para o interior durante o período carnavalesco. Eles farão patrulhamentos e blitzes para garantir a segurança em diversas cidades. Além disso, os comandantes das unidades do interior estão autorizados a pagar planejadas aos policiais locais para emprega-los durante suas folgas.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas