Polícia deflagra operação ‘Fantasma’ em Teresina e Campo Maior imprimir publicado em: 02 / 08 / 2017

operacaoO Grupo Interinstitucional de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária (GRINCOT), composto pela DECCOTERC/Polícia Civil do Piauí, Ministério Público Estadual, Procuradoria Geral do Estado, SEFAZ-PI e 10ª Vara Criminal de Teresina, deflagrou na manhã desta quarta-feira (02/08), a Operação Fantasma para cumprimento de 11 mandados de prisão temporária, três de mandados de prisão preventiva, 15 sequestros e remoção de bens, além de 23 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz da 10ª Vara Criminal de Teresina.

operacao

As ações se concentram nas cidades de Teresina e Campo Maior e tem como objetivo desarticular organização criminosa que vem atuando no Piauí utilizando empresas fantasmas e notas fiscais frias, praticando assim, fraudes fiscais/tributárias que lesaram o fisco em mais de R$ 81 milhões. Entre as empresas usadas na fraude, constam três dentre as dez maiores devedoras do fisco estadual.

Participam da Operação aproximadamente 100 pessoas, entre policiais civis, auditores fiscais, técnicos da SEFAZ-PI, MPE-PI e Policiais Rodoviários Federais-PRF.

Oito pessoas já teriam sido presas na operação, entre empresários e contadores.

 

Operação Fantasma


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas