Polícia identifica suspeito de assediar passageira dentro de ônibus imprimir publicado em: 11 / 09 / 2017

Baretta

Delegado Francisco Baretta

A Delegacia de Homicídios identificou o homem suspeito de assediar  uma mulher dentro de um ônibus coletivo no último sábado, 8, no bairro Morada Nova, zona Sul de Teresina.  O homem, conhecido como “Cabal”, foi ouvido pelo delegado Francisco Barêtta e encaminhado à Delegacia da Mulher.

Em depoimento, o suspeito alegou que está tomando remédios e não sabia o que estava fazendo naquele determinado momento.

“Nós também solicitamos as imagens das câmeras de dentro do ônibus para saber como se deu a ação”, disse o delegado.

A vítima denunciou “Cabal” na Homicídios por ser a delegacia da região. Ela contou que estava sentada no banco de um ônibus, que faz linha do bairro Lourival Parente para o Centro de Teresina, quando um homem sentou ao seu lado, expôs seu órgão sexual e começou a se masturbar. Ele também tentou tocar nas partes íntimas da mulher.

No inicio do mês, a decisão do juiz José Eugenio do Amaral Souza Neto, do Foro Central Criminal da Barra Funda, de libertar o ajudante-geral Diego Ferreira de Novais, de 27 anos, em flagrante, após se masturbar e ejacular em uma passageira dentro de um ônibus na Avenida Paulista, na região central de São Paulo, dividiu opiniões no meio jurídico. Ele atacou uma mulher e voltou a ser preso.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas