Polícia prende acusados de matar guarda da Serra da Capivara imprimir publicado em: 19 / 08 / 2017

edilson

Edilson Pereira da Silva, morto por caçadores no Parque da Serra da Capivara

A Polícia Militar conseguiu prender dois dos quatro caçadores suspeitos da morte do guarda do Parque da Serra da Capivara, Edilson Pereira dos Santos, que levou um tiro de espingarda nas costas, e ferimentos em outros dois vigilantes – baleados nos pés e nas pernas por disparos de revólver calibre 38 e de espingarda.

Os suspeitos foram presos na mata e levados para Floriano. Os outros dois caçadores que se envolveram num confronto com os três guardas estão foragidos e continuam sendo procurados pela polícias Militar, Civil e Federal.

Os três guardas baleados são funcionários do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e estavam desarmados e sem colete balístico. As armas e os equipamentos de segurança deixaram de ser fornecidos pela empresa de São Paulo, contratada para fazer a vigilância do Parque, que é patrimônio mundial.

Segundo o delegado de São João do Piauí, Hugo Montenegro, os três funcionários receberam os primeiros socorros em São João do Piauí, inclusive com a intervenção do prefeito, Gil Carlos Modesto, que é médico. Ele disponibilizou toda uma equipe de profissionais para tentar salvar a vida do guarda Edilson Santos, que trabalhava a 20 anos no Parque, mas o paciente sofreu duas paradas cardíacas e faleceu.

Os guardas feridos continuam com balas alojadas no corpo e terão que se submeter a cirurgias, a serem realizadas em Teresina.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas