03 / 05 / 2012 - atualizada em 3 de maio de 2012 Polícia recaptura um dos presos que fugiu da Penitenciária de Esperantina  

penintenciariaFoi recapturado, no início da noite desta quarta-feira (2), um dos presos que fugiu da Penitenciária Luiz Gonzaga Rebelo, em Esperantina, a 174 quilômetros de Teresina. As buscas, realizadas por equipes da Polícia Militar, com apoio de Agentes Penitenciário do GEO, foram encerradas por hoje.

Segundo informações de um agente penitenciário que preferiu não se identificar, haverá, na manhã desta quinta-feira (3), uma vistoria para conferir quais dos presos fugiram. “Não temos certeza de nomes ou números. Se for constatada a falta de alguém amanhã, reiniciaremos as buscas”, explica o agente, acrescentando que com o anoitecer ficou impossível dá prosseguimento à ação.

Fuga

Um grupo de 20 a 30 presos tentou uma fuga em massa, nesta quarta-feira (2), na Penitenciária Luiz Gonzaga Rebelo. Sete detentos conseguiram chegar à área de segurança do presídio, através de um túnel de cerca de 5 metros de comprimento, mas somente três pularam o muro de contenção.

Segundo informações dos agentes, a Penitenciária está com sua capacidade esgotada. O local suporta até 140 detentos, mas abriga cerca 165. A fuga era considerada possível pelos agentes, por conta das condições estruturais. “O efetivo é pouco, há muitos presos e uma estrutura precária”, alega o agente de plantão.

Segundo ele, não há algemas, viaturas ou mesmo uma lanterna para a realização da ronda. O número de agentes por plantão dificilmente ultrapassa quatro.

“No pavilhão D não há água para beber e nem energia. Desde fevereiro a Secretaria de Segurança alega que não existem recursos suficientes. Eles bebem água que recebem de outros presos, em garrafas de refrigerante”, denuncia o agente.

Portaldaclube

divisao

Comente

publicidade

redes sociais

publicidade

publicidade