PP confirma voto contra projeta do governo que aumenta ICMS imprimir publicado em: 30 / 10 / 2017

PPDeputados estaduais do PP decidiram nesta segunda-feira, 30, manter posição de voto contra projeto do governo do Estado que prevê reajustes em alíquotas do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nos setores de combustíveis, telefonia, fumo e derivados. A decisão foi anunciada após encontro da bancada do partido na Assembleia Legislativa com o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, e a vice-governadora Margarete Coelho. Segundo Margarete Coelho, a decisão segue princípio nacional do Progressistas, novo nome do PP,  de rejeitar elevações na já pesada carga tributária brasileira. “O partido defende os setores produtivos e não poderia jamais apoiar aumentos em impostos”, esclareceu a vice-governadora, que informa ainda a separação da postura do partido em relação ao projeto do governo que tramita na Assembleia Legislativa do apoio político ao governador Wellington Dias. “Seguimos na base aliada ao governador e apoiamos nossa aliança política para as eleições do próximo ano”, disse Margarete. Participaram do encontro, além do senador Ciro Nogueira e a vice-governadora Margarete Coelho, o deputado federal Mainha e os estaduais Júlio Arcoverde, presidente do Progressistas no Estado, Hélio Isaias, atual secretário de Defesa Civil, Belê Medeiros, Bessah Filho e o ex-prefeito de Oeiras, B. Sá.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas