Prédio do TJ terá anexo para gabinetes de desembargadores imprimir publicado em: 06 / 01 / 2016

gabineteO presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Raimundo Eufrásio, encerrará a sua gestão com a construção de um novo prédio que resolverá o problema de espaços no tribunal, o anexo ao prédio original do TJ, que solucionará principalmente a questão dos gabinetes para os desembargadores, mais espaçosos e condignos com as condições de trabalho de cada magistrado e servidores.

O prédio original, inaugurado em 1975, abrigava nove desembargadores que lidavam com menos de 100 processos por ano cada um. Hoje, a demanda é de mais de 1.500 processos anuais para cada um dos 19 desembargadores do tribunal. “Desde o começo da minha gestão, em junho de 2014, realizamos reformas absolutamente necessárias para melhorar a infraestrutura de todo o prédio. Todo o telhado foi trocado, a fachada foi restaurada e as salas adaptadas para uma melhor funcionalidade, porém, o problema de espaço não pôde ser resolvido”, revelou o presidente Raimundo Eufrásio.

No atual prédio do tribunal, desembargadores dividem o gabinete com assessores e auxiliares. São cubículos onde a circulação fica inteiramente comprometida. Em algumas salas trabalham nove pessoas disputando cada metro quadrado.

“A situação é insustentável, precisamos ampliar para melhor atender o cidadão piauiense”, argumentou o desembargador.

gabinete

Gabinete de desembargador

PortalAZ


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas