Presidente do TJ vai intermediar negociação com PMs e governo imprimir publicado em: 17 / 08 / 2011

pmA reunião entre representantes das associações de policiais militares e bombeiros e o secretário estadual de Administração, Paulo Ivan da Silva Santos, será intermediada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Edvaldo Moura.

Os policiais militares decidiram continuar concentrados na Assembleia Legislativa do Piauí, que fica ao lado do TJ/PI, a espera do resultado da reunião. Eles deflagraram na semana passada o movimento “Polícia Legal – Tolerância Zero” e se recusam a trabalhar de forma ilegal, como em carros sem documentação ou se desprovidos de armamento e proteção necessários. A medida é tomada por conta do regimento da PM considerar que seus oficiais não podem deflagrar greve.

O comando da PM pediu a prisão do capitão Evandro Rodrigues, do soldado Jarbas Cavalcante e outros seis policiais que estariam entre os líderes do movimento. A categoria informou que só negocia se o pedido de prisão dos colegas for retirado.

O governador Wilson Martins (PSB) se encontra em Brasília/DF e também está sendo informado do andamento das negociações.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas