PRF fiscaliza transporte coletivo e flagra irregularidades em 70% imprimir publicado em: 11 / 01 / 2018

aprfA Polícia Rodoviária Federal (PRF) está realizando diversas fiscalizações em veículos de transporte coletivo de passageiros durante esta quinta-feira (11) na Avenida João XXIII, Zona Leste de Teresina. De acordo com o Inspetor Tony Carlos, de dez veículos fiscalizados, sete possuíam irregularidades que foram detectadas pela inspeção. Até as 11h da manhã, sete ônibus foram recolhidos.

O inspetor explicou que o trabalho de fiscalização é realizado de forma estratégica no início de janeiro devido ao grande número de pessoas utilizando o transporte público nesse período e também por conta da maior quantidade de chuvas. Para a PRF os pneus são os principais alvos da inspeção, já que os acidentes aumentam com as pistas molhadas.

“Nós constatamos que muitos veículos estão com o certificado do Inmetro vencido ou, alguns, nunca tiveram. Um veículo de transporte de passageiros só pode realizar esse serviço com o certificado, que é aferido a cada dois anos”, disse.

busOs veículos estão sendo autuados, têm os documentos recolhidos e são devolvidos às empresas e aos proprietários mediante a apresentação do certificado do Inmetro no prazo de cinco dias. Nesse prazo, os ônibus não podem circular nem fazer o transporte de passageiros. Caso o veículo não seja regularizado, ele pode ser apreendido sem previsão de liberação.

Conforme o inspetor Tony explicou, a fiscalização será feita durante todo o mês de janeiro em trechos da BR-343 e BR-316 de forma gradativa para não prejudicar aos passageiros. Ele pontuou ainda que estão sendo feitos testes de alcoolemia para detectar sinais de álcool em condutores.

“Essa fiscalização acontecerá todos os dias já visando o Corso, onde nós não vamos permitir pessoas alcoolizadas transitando pelas rodovias federais que cortam Teresina”, finalizou.

Portaldaclube

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas