Princípio de motim deixa 4 presos feridos na Colônia Major César imprimir publicado em: 14 / 02 / 2017

motimUm princípio de motim na Colônia Agrícola Penal Major César Oliveira, na cidade de Altos, nesta segunda-feira (13) deixou quatro detentos feridos a bala. Segundo a secretaria de Justiça do Piauí, o distúrbio teve início por volta das 13h30, mas foi controlado em pouco tempo. Os feridos foram levados para unidades de saúde em Altos e Teresina.

 De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), os agentes de plantão na unidade prisional descobriram que estavam sendo jogadas garrafas com bebidas alcoólicas para dentro do perímetro da Major César. Com o recolhimento do material, os presos se exaltaram, queimaram colchões e quebraram grades.

“Dos quatro feridos, três foram atendidos em hospitais e já retornaram para a unidade prisional. O quarto ficou internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Essa rebelião já era anunciada porque aqui não tem agentes suficientes e infraestrutura. São seis agentes e três PMs de plantão para conter 334 presos”, afirmou Kleiton Holanda, vice-presidente do sindicato.

Em nota , a Sejus afirmou que logo após a retomada do controle a situação, o Comando de Operações Prisionais, Tropa de Choque da Polícia Militar, Diretoria de Inteligência e Proteção Externa da Sejus, Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária da Sejus e agentes penitenciários iniciaram uma vistoria e contagem de presos na penitenciária.

O Centro de Operações Penitenciárias (COP), da Sejus, está investigando de onde partiram os tiros que feriram os detentos. “Os presos envolvidos no princípio de motim estão sendo identificados e responderão a procedimento disciplinar. O Poder Judiciário também será comunicado sobre os detentos envolvidos no distúrbio, para que sejam adotadas providências necessárias”, finaliza a nota  da Sejus.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas