Procon fiscaliza aumento no preço da gasolina no Piauí imprimir publicado em: 06 / 01 / 2016

Aumenta preço da gasolina no PIO conciliador do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumido (Procon-PI), Campelo Júnior, informou, nesta quarta-feira (6), que o órgão já está analisando o aumento no preço do combustível no Piauí.  Em Teresina, alguns postos chegam a vender, por exemplo, a gasolina por R$3,79 e, no interior, R$4.

“O Procon está tratando o tema desde o final do ano passado, escutando o sindicato dos postos, mas falta ouvir a versão da distribuidora para identificar se de fato está havendo esse desabastecimento já que isso é a alegação principal do aumento do custo repassado ao consumidor”, disse Campelo.

O conciliador também comentou que caso a investigação comprove que não está ocorrendo o desabastecimento do produto no Estado, o Procon identificará a atitude dos proprietários dos postos como intencional para aumentar o valor sem qualquer motivo por parte do Governo. Caso seja verificado o abuso no valor da gasolina e óleo diesel, será aberto processo administrativo, imputado multa e o proprietário do posto de combustíveis poderá incorrer no crime contra a economia popular.

“Existe uma regulamentação da lei da oferta e da procura: se acontece um desabastecimento a procura é maior que a oferta e, consequentemente, é natural que o preço seja elevado. Agora, uma vez reestabelecido o abastecimento é esperado que o preço regrida. Se isso não ocorrer é porque o aumento foi com sentido doloso”, acrescentou o conciliador.

Os consumidores que se sentirem lesados devem procurar a sede do Procon em Teresina, localizado na rua Álvaro Mendes, 2294, Centro, no horário de 7h às 13h30.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas