Procon notifica 38 postos de combustível em Teresina por preço abusivo imprimir publicado em: 01 / 06 / 2018

postoO fiscal do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Arimatéia Area Leão, informou que 38 postos de combustível foram notificados em Teresina por alta nos preços. A gasolina que antes custava em torno de R$ 4,40 agora está custando até R$ 4,80. O presidente do Sindicato dos Postos Revendedores de Combustíveis do Estado do Piauí, Alexandre Valença, disse não saber das notificações.

Arimatéia Area Leão explicou como se deu essa autuação. “Até R$ 4,59 é permitido, mas os postos que começaram com os valores acima de R$ 4,70 foram autuados para que justifiquem ao Procon essa alta de preço”.

Os donos dos postos de combustíveis têm até 15 dias para recorrer da multa, justificando a alta de preços e alterando os valores. Segundo o Procon, a multa tem valores de R$ 600 até R$ 6 milhões.

Segundo Alexandre Valença, a alta nos valores se dá devido à falta de álcool anidro na gasolina. “A gente está vendendo a gasolina mais pura, por isso ela está mais cara. Se espera que a situação se normalize à medida que forem chegando caminhões”.

Questionado sobre as notificações, ele afirmou que pode haver notificações por outros motivos. “Eu acho que esse número não foi autuação por aumento de preço, se houve algum caso no Piauí, não estou sabendo. Eu não vi preço exorbitante na cidade”, afirmou.

Contudo, o Procon afirmou que foram autuados todos postos que possuíam gasolina no valor acima de R$ 4,70.

Para denunciar a prática de preços abusivos, a população pode ligar para o número 3216-4550 ou então acessar o site do Procon e enviar um email para o órgão fazendo sua denúncia.

Portaldaclube

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas