Professores podem entrar em greve se Governo não fizer reajuste imprimir publicado em: 25 / 01 / 2017

reuniaoO Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (Sinte-PI) vai realizar uma assembleia no próximo dia 10 de fevereiro, onde tratará pontos discutidos com o Governo do Estado nessa semana, inclusive a possibilidade de greve geral da categoria.

Em reunião realizada na última sexta-feira (20/01), entre o Sinte-PI e a Secretaria Estadual de Educação, com participação da Secretaria de Administração, os representantes do governo apresentaram a proposta de reajuste do piso salarial do magistério em 7,64% em parcela de duas vezes, sendo 4% em janeiro e 3,64% em julho de 2017.

A proposta foi rejeitada pelo Sinte-PI ainda na mesa de negociação. E a direção pediu nova contraproposta para que pudesse apresentar para a categoria. “Pois uma greve geral nacional já foi aprovada durante o Congresso Nacional da  CNTE, e aqui certamente não fugiria da luta pelo piso em parcela única”, destacou professora Odeni Silva, presidente do Sinte.

Nesta quarta-feira (25/01), o sindicato reafirmou a sua postura em não aceitar parcelamento do piso de 7,64%. “Queremos o reajuste em uma única parcela, haja vista que os recursos do Fundeb e os recursos da Repatriação já estão disponíveis nos cofres do governo, não tem porque o governo parcelar um reajuste que já deveria estar dentro do Orçamento do estado, pois o Piso do Magistério é Lei, então cumpra-se”, enfatizou Kassyus Lages, secretário de comunicação do Sinte-PI.

POSSÍVEL GREVE

O sindicato informou em que durante o período da Semana Pedagógica nas escolas públicas, de 06 a 09 de fevereiro, o Sinte estará visitando todas as escolas para reforçar a convocatória para uma Assembleia Geral Extraordinária dia 10 de fevereiro, onde tratará de vários pontos discutidos com o governo, inclusive a possibilidade de greve geral. No momento eles aguardam uma nova proposta do Governo até sexta-feira (27/01)


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas