PT terá candidato próprio à prefeitura de Teresina, diz Rejane imprimir publicado em: 17 / 08 / 2011

deputada rejane dias

Deputada rejane dias

Se depender da executiva nacional, o PT vai ter candidato próprio à prefeitura de Teresina. É o que garante a deputada Rejane Dias. “Meu nome está a disposição, assim como o de vários outros colegas petistas”, afirmou a deputada, na manhã desta quarta (17). Na semana passada, o deputado federal Jesus Rodrigues Alves (PT) defendeu que Rejane não seja discriminada dentro do partido por ser esposa de Wellington Dias (PT).

Rejane disse ainda que o prefeito Elmano Férrer (PTB) foi avisado sobre as intenções do PT e que o acordo estabelecido no último encontro foi de que o partido participaria da administração ptbista na capital, mas o apoio não estaria condicionado a cargos ou aliança no próximo ano.

“Já fazemos parceria com o prefeito Elmano há muito tempo. Quantas vezes eu estive no gabinete dele levando demandas da capital e fui atendida prontamente. Essa posição não condiciona a cargos e a eleição do próximo ano. Tenho colocado meu nome, assim como outros. Isso foi deixado bem claro ao prefeito Elmano. Queremos continuar ajudando, independente de cargos”, declarou.

Venda de bebida a menores

A deputada comentou ainda seu projeto de lei que está tramitando na Assembleia que prevê punição a donos de bares, restaurantes e casas noturnas que venderem bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.

Ela acredita que o projeto será aprovado na Casa e sancionado pelo governador Wilson Martins. Segundo ela, o principal argumento para a aprovação é que pesquisas comprovam que o álcool é a porta de entrada para outras drogas e vem causando dependência precoce em crianças e adolescentes.

O projeto prevê rigor na fiscalização dos estabelecimentos e, em caso de irregularidades, multas que variam de R$ 2 mil a R$ 100 mil, quando há reincidência.

Rejane defende também, em consonância com essa lei, o projeto que regulamenta o “toque de recolher” para crianças e adolescentes após as 23h. “Sou a favor de que o governador sancione. Temos que ter medidas mais firmes. Já existem dados que dizem que a maioria das pessoas dependentes químicas começam pelo álcool”, declarou.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas