Rebeca Gusmão perde processo contra ex-assessor de imprensa imprimir publicado em: 22 / 11 / 2016

rebeca gusmãoA ex-nadadora Rebeca Gusmão perdeu na Justiça, em primeira instância, a briga que está travando contra seu ex-assessor de imprensa, Bruno Silvério de Oliveira Santos, por conta de quebra de contrato. A ex-atleta foi condenada a pagar ao empresário 35% do valor total do cachê recebido e mais os títulos de merchandising referentes à sua participação no reality show “A Fazenda”. A decisão, na 5ª Vara Cível de Brasília, foi registrada no dia 14 de novembro.

“Vou batalhar e vou até o final para reverter isso. Se não conseguir, vou ficar muito chateada porque ele agiu de má fé, teve a cara de pau de dizer que foi ele que me colocou na mídia. Infelizmente ele não vai ser a primeira nem a última pessoa de má fé a cruzar o meu caminho, mas tenho a consciência tranquila de que não fiz nada de errado”, afirma Rebeca.

De acordo com Denise Costa, do escritório Denise Costa Advogados Associados, que defende a ex-nadadora, elas pretendem entrar com um recurso, em segunda instância, para tentar reverter a decisão. “Entrei como advogada nesse caso há pouco tempo e infelizmente o advogado que estava cuidando do caso no começo perdeu alguns prazos para a entrega da documentação e das provas, o que prejudicou a defesa da Rebeca. Vamos tentar reverter, mas vai ser muito difícil”, explica.

Segundo Eduardo Côrtes, advogado de Bruno Silvério, o empresário teria sido o responsável pelas negociações para a participação de Rebeca no programa. “O Bruno ficou superfeliz com a decisão da Justiça, mas é direito da Rebeca entrar com o recurso. Só que é praticamente zero a possibilidade da Justiça mudar essa decisão em segunda instância porque juntamos todas as provas e fizemos um processo muito bem fundamentado.”

Ego


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas