Robert Rios diz que fechamento de bancos é culpa da corrupção imprimir publicado em: 07 / 02 / 2017

robert riosO deputado Robert Rios (PDT) destacou nesta manhã (07), durante o grande expediente, a causa das dificuldades sofridas pelos bancos públicos: a corrupção. “É óbvio que o BNB e os bancos públicos passariam por dificuldades. Só o Eike Batista levou mais de  R$8 bilhões de empréstimos, dinheiro que não retornará”, disse.

Rios relacionou algumas ações do governo petista que contribuiu para a situação atual das instituições financeiras, como investimentos bilionários em Cuba, na República Dominicana. “Investiram bilhões naquelas republiquetas, ditaduras forjadas, dinheiro que nunca mais vai retornar ao Brasil. O Porto de Luís Correia há tempos agoniza, mas o BNDES no governo Lula/Dilma foi investir em Cuba, com um Porto moderno, dinheiro nosso”, destaca.

O deputado pontuou que além da crise dos bancos públicos, o país passa por uma crise de moralidade, desemprego, na Saúde e Segurança Pública. “Vejam o que ocorre no Espírito Santo, onde chegamos. Entregamos o país para pessoas incapazes de comandar, as facções comandam, 80% dos crimes, tráficos de armas e golpes são feitos da cadeia”, afirma.

Situação do Legislativo – Robert Rios também criticou as Casas Legislativas federais e estaduais por não atuarem em conformidade com a vontade do povo e mais uma vez demonstrou sua insatisfação em relação ao número de deputados suplentes nesta Casa.

“Falo do 15º suplente, isso desmoraliza a Casa, a vontade do eleitor é corrompida” . Em seguida afirmou que não concorrerá nas próximas eleições, mas enquanto atuar no parlamento sua voz não será calada, “mesmo que eu fique sem nenhuma aliança, minha voz não será calada, escândalos têm muitos e estaremos apontando. Espero que nas próximas eleições o povo mande para cá alguém que represente os verdadeiros valores”, conclui.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Biocentro

últimas