Roberto Carlos acerta com o Real e terá múltiplas funções no clube imprimir publicado em: 21 / 01 / 2016

Roberto Carlos fez parte do time "galáctico" do Real Madrid, ao lado de Zidane

Roberto Carlos fez parte do time “galáctico” do Real Madrid, ao lado de Zidane

O Real Madrid anunciará em breve o retorno de Roberto Carlos ao clube. Ídolo como jogador (vestiu a camisa branca entre 1996 e 2007), ele terá algumas funções nas categorias de base do clube – espécie de mentor e conselheiro – e caminho aberto para aprendizado com o técnico Zinedine Zidane, seu ex-companheiro como atleta no time merengue. O brasileiro será ainda diretor institucional, trabalhando como embaixador dos galácticos pelo mundo, principalmente na Ásia.

O contrato será assinado na próxima semana. Morando em Madri, Roberto está em fase final para concluir o curso de treinadores da Uefa (com a carteira da entidade, estará liberado para assumir o comando de qualquer clube europeu).

Roberto Carlos ainda não foi anunciado de forma oficial pelo Real Madrid, o que deve acontecer após a assinatura do contrato. Desde 2012, quando defendia o Anzhi, da Rússia, ele já vinha trabalhando como técnico. Primeiro, no próprio Anzhi, como interino e depois efetivado na temporada seguinte. Ainda trabalhou nos turcos Sivasspor e Akhisar Belediyespor, e no ano passado comandou o Delhi Dynamos, da Índia.

Como embaixador do Real Madrid, Roberto Carlos deve ter um foco maior na Ásia. É o mercado que o clube mais está de olho neste momento e quer crescer comercialmente. Países como China e Tailândia estão no circuito do time espanhol.

Pelo clube madrilenho, Roberto Carlos viveu a melhor fase da sua carreira. Considerado por muitos na Espanha o maior lateral-esquerdo da história do Real, ele ganhou quatro vezes o Campeonato Espanhol, três Ligas dos Campeões, três Supercopas da Espanha, dois Mundiais de Clubes e uma Supercopa da Europa.

A notícia da chegada de Roberto Carlos ao Real Madrid repercutiu na imprensa espanhola de duas maneiras. Em Madri, o jornal “Marca” exaltou o retorno da parceria do brasileiro com Zidane e disse que o ex-lateral fará a ponte entre o francês e a base do clube, mas que no momento sua participação na equipe principal não está prevista.

Já na Catalunha, o jornal “Sport”, especializado na cobertura do Barcelona e que costuma cutucar o Real Madrid, afirma que Zidane vetou a entrada de Roberto na comissão técnica do time principal, pois já está satisfeito com seu staff e não gostaria de fazer mudanças neste momento.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas