Rodrigo empurra técnico do Vasco e caso vai parar na polícia imprimir publicado em: 07 / 08 / 2017

tecnicoA Ponte Preta fez jogo morno diante do Vasco, ficando no empate por 0 a 0 atuando em casa, no Moisés Lucarelli. Após a partida, o clima não foi ameno entre o zagueiro Rodrigo e o técnico Milton Mendes, dos cariocas.

Imagens captadas pelo canal Sportv mostram os dois, ao final do duelo, conversando no meio-campo. Na sequência, o defensor empurra o comandante do Cruzmaltino em três momentos.

O caso teve consequências mais profundas. Após deixar o estádio Moisés Lucarelli, Milton Mendes prestou queixa contra Rodrigo e fez exame de corpo e delito.

Na saída do gramado, perguntado sobre o assunto, Rodrigo negou qualquer atrito, mas pediu mais respeito ao treinador rival. “Minha história eu já fiz no Vasco, sou um dos zagueiros artilheiros do clube.

Tenho o maior respeito pela camisa. Conversando com os jogadores, acho que ele que tem que ter um pouco mais de respeito com os jogadores que estão lá”, disparou, ao Sportv.

Milton, por sua vez, provocou o defensor, afirmando que Rodrigo pode estar sentindo falta de defender o Cruzmaltino. “Deve ser dor de cotovelo de não estar mais no Vasco. Deixa para lá. Falei algumas coisas, mas nada demais. É deprimente o nível dele. Esquece, já passou”, enfatizou.

Mais tarde, mais calmo em sua coletiva, Milton Mendes falou mais sobre o episódio. O treinador voltou a condenar a atitude do jogador. “Vivemos numa sociedade com tanta violência, e homens que usam braçadeira de capitão têm esse tipo de atitude.

Vocês viram o que aconteceu. Fui agredido. Minha intenção era chamar os jogadores. Encosto nele, ele me empurra. Na primeira vez até achei que era brincadeira. Falei algumas coisas, não tenho sangue de barata. Eu disse: Chama a polícia!”

Nos vestiários do Moisés Lucarelli, Milton Mendes já havia dado o sinal que abriria um Boletim de Ocorrência contra Rodrigo. “Já estamos tratando de todas as pendências. Acho que isso não pode passar impune.

Ele deve estar chateado porque saiu do Vasco, mas o destino dele estava traçado antes de eu chegar. Isso será entregue ao advogado. O árbitro já sabe de tudo. Imagens mostram tudo,” afirmou Milton Mendes.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

,

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas