Romarinho faz Mano Menezes achar Corinthians ideal, e tem vaga até para Elias imprimir publicado em: 26 / 05 / 2014

Uma ligeira alteração do 4-2-3-1 para um 4-4-2 com um dos meias com mais chegada pelo centro. Esse é o desenho tático ideal para o técnico Mano Menezes, e sacramentado como perfeito após a goleada por 4 a 1 sobre o Sport, neste domingo, pelo Brasileirão. Agora, Romarinho reassume papel decisivo no sistema de jogo e volta a funcionar como um dos protagonistas do Corinthians.

romarinhoO novo desenho tático do Corinthians distancia cada vez mais Mano Menezes da alternativa com três volantes, utilizada no Paulistão. E mesmo assim o atual sistema tem até vaga para Elias, que só poderá atuar após a Copa do Mundo. E o reforço que veio do Sporting, de Portugal, poderá entrar em duas funções: ou na vaga de Bruno Henrique, como segundo volante, à frente de Ralf, ou na de Petros, mais adiantado, dividindo a armação com Jadson à frente dos dois volantes.

“Nós vamos manter a estrutura da equipe assim, quero uma equipe bem definida. Como o Paolo [Guerrero] vem saindo um pouco mais da área, a gente precisa de um jogador de presença mais forte, que é o Romarinho. A gente sentiu que no momento a opção era essa. E eu vou manter a equipe”, disse Mano, à Rádio Globo, após o jogo na Ilha do Retiro. Após tantas trocas de time em quatro.

Agora, em vez de dois pontas e um armador, Romarinho se transforma em um ponta de lança de chegada, pelo lado direito. Neste domingo, Paolo Guerrero, ainda centroavante, criou diversas jogadas partindo de fora da área, pelo lado esquerdo. Em uma delas, driblou dois adversários para encontrar o companheiro de ataque Romarinho na área, para marcar. Foi o quarto do Corinthians no jogo e o segundo de Romarinho. Os outros dois foram de Jadson, em cobranças de falta e pênalti. O camisa 10 ainda deu uma assistência.

A vitória sobre o Sport ainda fez Mano Menezes ressaltar marcos históricos: “A equipe foi consistente, a equipe criou, teve oportunidade, marcou gols. Quatro gols depois de 28 jogos no Brasileiro, ganhamos aqui na Ilha do Retiro com o Corinthians. A último vez do Corinthians tinha sido em 1998, e eu como técnico tinha sido em 2005, na Série B, com o Grêmio”, disse.

Mano Menezes disse ainda que o Corinthians teve mais paciência para controlar o jogo: “Hoje a equipe teve mais maturidade para saber buscar espaço, o time da casa toma mais inciativa, o torcedor quer, mas o Corinthians foi muito competente para aproveitar bem os espaços. Acho que isso foi mais importante e é por isso que saímos com o resultado positivo”, falou.

uol.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas