Saída de Evaristo Costa parece um “tapa na cara” da Globo imprimir publicado em: 27 / 07 / 2017

Evaristo Costa

Evaristo Costa

Em um mercado tão competitivo e disputado quanto o de apresentadores de telejornais da Globo, a decisão de Evaristo Costa de deixar a bancada do “Jornal Hoje” é desconcertante.

O jornalista está abrindo mão de uma das posições mais cobiçadas no mercado. Trata-se de um dos quatro telejornais nacionais da emissora e o segundo principal em matéria de audiência.

A última mudança de impacto nestes programas havia ocorrido em outubro de 2015, quando Christiane Pelajo deixou o “Jornal da Globo”. Na ocasião, a emissora tornou pública a versão de que ela estava saindo a pedido. Pouca gente acreditou. Situação parecida ocorreu quando Patrícia Poeta deixou o “Jornal Nacional” em 2014.

Evaristo escreveu um roteiro diferente ao, de fato, tomar a iniciativa de sair. Sinal evidente disso são as maldades que começaram a circular sobre o suposto descontentamento interno com o seu trabalho.

Ao alegar “motivos pessoais” e não dar muitas pistas sobre as suas motivações, Evaristo abre espaço para esta e outras especulações. É um preço que, aparentemente, ele sabe que está correndo. “Fiz tudo certinho até aqui”, disse.

Chama muito a atenção no “vídeo de despedida” que postou nas redes sociais a ênfase que deu aos seus milhões de fãs e seguidores. “Estes não vão se ver livres de mim tão cedo”, diz. É um recado claro de que tem noção a respeito do patrimônio que construiu – e não pretende abrir mão.

A palavra “Globo” não é mencionada no vídeo. Evaristo diz apenas: “São muitos anos fazendo a mesma coisa”, justificando a necessidade de “descansar”. Parece um “tapa na cara” da emissora.

uol.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas