São Paulo fracassa fora e volta ao Morumbi mais pressionado imprimir publicado em: 26 / 09 / 2016

chavezDepois de um longo período mergulhado em crise, o São Paulo acenou com uma reação na temporada e voltou a passar um pouco de confiança a quem já estava desacreditado no clube, mas, em uma semana tudo voltou à estaca zero. A sequência de boas notícias que já não se via há tempos no Morumbi acabou ofuscada pelos dois tropeços seguidos no Campeonato Brasileiro e diante da eliminação na Copa do Brasil.

Tudo começou quando o presidente Leco trouxe Marco Aurélio Cunha para comandar o departamento de futebol, o que acalmou sua oposição, a ira da torcida organizada e também contou com a aprovação do elenco.

Em seguida, o time acabou com um jejum de vitórias no Morumbi que já perdurava dois meses e engatou duas vitórias seguidas pela primeira vez no Campeonato Brasileiro. O clima já era outro e o Tricolor Paulista parecia ter virado uma página em seu ano caótico até então.

O problema é que o receio pelo que viria a seguir acabou se confirmando da pior maneira possível. A série de três jogos fora de casa praticamente serviu para trazer de volta a desconfiança, o temor pelo o que será do futuro da equipe e a decepção pelo fim de alguns sonhos.

Depois das vitórias sobre Figueirense e Cruzeiro, o São Paulo abriu seis pontos da zona de rebaixamento, ficou a oito do G4 e passou a mirar o pelotão de cima. Mas, as duas derrotas seguidas no nacional para Atlético-PR e Vitória, respectivamente, fizeram com que a distância para o Z4 ficasse em apenas quatro pontos e a zona de classificação à Libertadores do ano que vem fugisse para 11 pontos de diferença.

Para piorar, a equipe acabou dando vexame na Copa do Brasil ao ser eliminada pelo Juventude, time que disputa apenas a Série C do Campeonato Brasileiro atualmente. Os comandados de Ricardo Gomes até venceram os gaúchos no Sul, mas o placar de 1 a 0 não foi suficiente para classificar o Tricolor às quartas de final depois da derrota por 2 a 1 no confronto de ida, no Morumbi.

A Copa do Brasil era a única chance do São Paulo ainda ser campeão nessa temporada e de voltar à principal competição continental em 2017. O peso de ter conquistado apenas a Copa Sul-americana em 2012 desde o 2008, quando completou a trinca de Brasileirões, já pesa no clube paulista.

Agora, Ricardo Gomes terá uma semana inteira sem preocupação com jogos para colocar as coisas nos eixos novamente e deixar o time pronto para o duelo de sábado, contra nada menos que o Flamengo, equipe que persegue o Palmeiras pela liderança do Brasileiro. A esperança é que o Tricolor se reencontre no Morumbi, onde já desperdiçou 18 pontos, mas venceu seus dois últimos compromissos.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Uniao - Julho II

últimas