São Paulo recebe o Bahia na tentativa de recuperar a liderança imprimir publicado em: 08 / 09 / 2018

Diego SouzaA última batalha não foi das mais favoráveis, mas o São Paulo está vivo na guerra. É com esse pensamento que o time do Morumbi receberá o Bahia, tentando recuperar a liderança do Campeonato Brasileiro após a derrota por 1 a 0 da última quarta-feira (5) para o Atlético-MG.

Com o resultado, a equipe do técnico Diego Aguirre foi ultrapassada pelo Internacional na tabela. Ambos os times somam 46 pontos, a diferença está apenas no critério de desempate do saldo de gols (17 dos gaúchos contra 16 dos paulistas). E é justamente essa proximidade que mantém o time tricolor otimista.

Outra razão é o futebol apresentado em Belo Horizonte. O técnico e os atletas não consideraram o resultado justo e estão certos de que, repetido o desempenho da última quarta-feira, três pontos serão conquistados a partir das 19h (de Brasília) deste sábado.

Com um empate o São Paulo retomará ao menos provisoriamente a primeira colocação. Uma vitória colocaria ainda pressão no Internacional, que disputará clássico contra o Grêmio, no domingo (9), no Beira-Rio.

“O campeonato não tinha acabado quando estávamos na frente. Agora, muito menos”, afirmou o volante Hudson, repetindo o tom adotado pelo comandante.

Para Aguirre, a disputa pela taça do Brasileiro será dura. O objetivo é o primeiro lugar ao fim da 38ª rodada, não na 24ª, o que não significa que seus atletas não lutarão para ocupar o posto e perdê-lo logo depois. A ideia é se manter entre os primeiros até as últimas rodadas do Nacional.

“É um privilégio estar acima, e vamos brigar para retomar a posição”, disse o treinador. “Se jogarmos como jogamos contra o Atlético, seremos protagonistas até o final.”

Mais uma vez, porém, o uruguaio tem problemas na montagem do time. Bruno Peres (com estiramento no músculo adutor direito), Arboleda (convocado pela seleção equatoriana), Reinaldo (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e Everton (com estiramento no músculo posterior da coxa esquerda) são os principais desfalques da equipe tricolor.

Por outro lado, Aguirre poderá contar com Diego Souza, que estava suspenso na partida contra o Atlético-MG por expulsão na rodada anterior.

“É um novo desafio, com a torcida do nosso lado. Não vamos permitir que a última derrota nos abale. Nosso time tem uma identidade e vai seguir firme”, afirmou o zagueiro Bruno Alves.

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas