Secretário e funcionários públicos são presos por tráfico de drogas imprimir publicado em: 01 / 12 / 2017

tráfico

Secretário de Obras sendo conduzido para a delegacia

O  secretário municipal de Obras de Água Branca,  Valmir Tavares de Sales, está entre os presos da operação Medium Parnahyba deflagrada nesta sexta-feira (01) pela Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre) nos estados do Piauí, Maranhão e São Paulo. Até o momento, 17 suspeitos foram presos.

De acordo com a Polícia Civil, na casa do gestor foram apreendidos armas de fogo, incluindo uma pistola, e várias munições. Auditores do Tribunal de Contas do Estado também participam da ação policial e apreenderam documentos na residência do secretário para averiguar possíveis irregularidades em sua gestão.

Entre os alvos da operação há ainda funcionários públicos federais e municipais. Os suspeitos são investigados por envolvimento com o tráfico de drogas.

drogaAo todo estão sendo cumpridos 45 mandados judiciais entre prisões, buscas e conduções coercitivas. No Estado, as equipes da Polícia Civil do Piauí estão nas cidades de Água Branca, Barro Duro, São Pedro do Piauí e  Teresina.

Na Capital, os alvos são suspeitos de comercializarem drogas na zona Sul. Eles foram presos nos bairros Lourival Parente e Bela Vista. Um deles é funcionário público dos Correios e seria responsável pelo transporte de entorpecentes. O alvo do Estado de São Paulo foi apontado como o fornecedor da droga. Já o preso na cidade de Caxias-MA seria responsável por trazer a droga ao Piauí.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas