Secretários têm as cabeças raspadas em penitenciária do Piauí imprimir publicado em: 22 / 01 / 2016

O Secretário de Justiça, Daniel Oliveira Valente, está sendo acusado de ter mandado raspar as cabeças dos dois ex-secretários da prefeitura de Caracol, no presídio de São Raimundo Nonato.

Daniel OliveiraYuldeman Macêdo, secretário de administração, e Idilvan Macêdo, secretário de saúde, foram presos na segunda-feira (18) por decisão do juiz federal de São Raimundo Nonato, Pablo Enrique Carneiro Baldivieso. Eles foram liberados nesta quinta-feira (21) por Habeas corpus concedido pelo Tribunal Regional Federal 1a região.

Os ex-secretários são irmãos do ex-prefeito, Isael Macêdo, que é acusado de ter desviado R$1.305422,39 do erário público, entre janeiro de 2009 e setembro de 2011.

Yuldeman Ribeiro Dias de Macedo foi acusado de colaborar com o então gestor no desvio de verbas, simulando pagamentos de produtos discriminados em notas fiscais adquiridas de empresários e intermediários. Idilvan Ribeiro Dias de Macedo teria reconhecido e autorizado as despesas referentes a produtos não adquiridos pela Prefeitura de Caracol.

O ex-prefeito que se encontrava em Teresina quando o juiz decretou sua prisão, terminou se apresentando e se entregando a Justiça nesta quarta-feira (20). Com a decisão que determinou a soltura dos dois ex-secretários, a defesa peticionará ao Magistrado requerendo a concessão da extensão da medida ao ex-prefeito Isael Macedo.

O ato de raspagem das cabeças dos presos é considerado afronta aos direitos humanos. Eles foram condenados, porém a sentença ainda não foi publicada e nem transitou em julgado.

Ao tomar conhecimento do fato, o deputado federal Paes Landim (PTB) informou que irá representar contra o secretário de justiça do Piauí porque ele não levou em conta a situação dos dois acusados, que não foram sequer condenados.

PortalAZ


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas