Sete times brigam por 5 vagas nas quartas da Copa do Nordeste imprimir publicado em: 22 / 03 / 2017

copa do nordesteOs oito times que avançam para as quartas de final da Copa do Nordeste serão definidos na rodada desta quarta-feira na última rodada da fase de grupos. Das 20 equipes que iniciaram o regional, três garantiram classificação com antecedência. Campinense, Bahia e Sport entram em campo para confirmar a liderança dos grupos, o que traz vantagem de decidir em casa uma vaga na semifinal da competição. Outras cinco vagas do mata-mata estão abertas – sete clubes disputam. Entre eles, o Náutico que vai viver um drama: enfrenta o Uniclinic, no Domingão, às 21h45, precisando golear e torcer para o rival Santa Cruz perder. Dez times jogam mais sem ambições, caso do Fortaleza.

Para as quartas de final da Copa do Nordeste, avançam os primeiros dos cinco grupos e os três melhores segundos colocados. Sem a última rodada, os classificados para o Nordestão seriam: Sport, Campinense, Bahia, Sergipe e Itabaiana (atualmente os líderes dos grupos); Santa Cruz, River-PI e Vitória (as melhores campanhas entre os segundos). Mas, a última rodada pode mudar esse cenário.

cenarioNos Grupos A e D, se concentram as emoções da rodada. O Campinense, com 11 pontos, está classificado – decide nesta quarta se em primeiro ou segundo lugar. A Raposa pega o Santa Cruz, no Arruda, às 21h45. A equipe coral, com 10 pontos (saldo 6) precisa de um simples empate para confirmar a classificação. Com sete pontos e dois gols de saldo, o Timbu não depende do próprio resultado. Tem que golear o Uniclinic. E fazer uma corrente para os paraibanos derrotarem o Santa. 

No Grupo D, um confronto direto pela liderança e vaga nas quartas de final: CRB e Itabaiana duelam no Rei Pelé, em Maceió. O time de Sergipe pega o caminho da próxima fase com um simples empate. Porém, se perder, correr alto risco de eliminação. Em hipótese de derrota, passar como melhor segundo colocado ficaria complicado por causa do saldo de gols, atualmente com zero. Por outro lado, os alagoanos usam a força da torcida para garantir a virada na tabela. No Rei Pelé, foram duas vitórias e um tropeço para o arquirrival CSA.

No Grupo B, o Bahia é líder isolado com 11 pontos e não pode ser mais ultrapassado pelo Fortaleza, vice-líder. Os dois se enfrentam na Fonte Nova, às 21h45.  O Tricolor baiano está invicto no regional. Dessa chave, não tem como sair outro classificado para o mata-mata. É a situação definidíssima do Nordestão.

Melhor clube da primeira fase do Nordestão, o Sport – com 87% de aproveitamento (quatro vitórias e um empate) – também tem cenário muito tranquilo para avançar em primeiro do Grupo C. Com 13 pontos e cinco gols de saldo, o Rubro-Negro Pernambuco enfrenta o Sampaio Corrêa no Castelão, em São Luís. Segundo colocado do grupo, o River-PI soma 10 pontos e três gols de saldo. Para tirar a liderança do time pernambucano, os piauienses precisam vencer de goleada e secar o time de Diego Souza ser derrotado. Falando em classificação, o Galo do Piauí está encaminhado: ficaria fora só se for goleado pelo Juazeirense, adversário desta quarta, e o CRB vencer o Itabaiana.

No Grupo E, outro confronto direto pela liderança. O Sergipe, primeiro, recebe o Vitória, vice-líder, no Batistão. Ambos estão com 10 pontos, e o saldo de gols é quem decide a ponta (3 a 2). Empate põe os dois nas quartas de final. Derrota de um implicaria algum risco de eliminação, contudo o saldo construído até aqui da dupla dá tranquilidade em cenário de derrota, abrindo a possibilidade para os dois seguirem no Nordestão.

Clubes de tradição fazem parte da lista de eliminados do Nordestão antes mesmo da última rodada acontecer. Fortaleza, Altos, Moto Club, Sampaio Corrêa, Juazeirense, Uniclinic, CSA, ABC, América-RN e Botafogo-PB se despedem sem chances de avançar.

Os confrontos das quartas de final do Nordestão serão definidos através de sorteio na CBF. Os quatro melhores primeiros colocados ficarão no “bloco 1” e vão ser mandantes no jogo da volta. O restante dos times – os segundos colocados classificados e o pior primeiro – no “bloco 2”, fazendo o jogo de ida em casa.

globoesporte.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas