Setut deverá ressarcir cobrança irregular durante integração imprimir publicado em: 22 / 03 / 2018

setutO diretor de transporte público da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), Francisco Nogueira, informou que o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) deverá ressarcir os usuários nos casos em que os vales transporte foram creditados além do necessário durante a integração nos ônibus.

Nesta questão, alguns dos usuários prejudicados foram os estudantes da Universidade Federal do Piauí (Ufpi). Ontem, no segundo dia da Integração na zona Sul, os universitários pegaram o primeiro ônibus, creditando a primeira passagem com o cartão e, após passar pelo segundo ônibus, dentro do limite de tempo permitido para a integração, a tarifa estudantil foi novamente cobrada. Em alguns casos a passagem foi cobrada ao pegar o terceiro ônibus, no terminal Parque Piauí, para então chegar em suas casas.

No caso, com uma única passagem o usuário tem o direito de passar por, pelo menos, três ônibus, dentro do tempo permitido, que é de duas horas.

Em um vídeo, uma estudante chegou a denunciar a não integração e que foi orientada pelo cobrador do ônibus a procurar pelo Setut, pois deveria ter ocorrido um erro no sistema. Outro usuário reclama da diminuição da quantidade de ônibus (veja no vídeo acima).

O diretor da Strans explicou que o usuário precisa ir até a sede da Strans com o cartão para que possa passar por analise a reclamação, e o cartão ser decodificado para identificar onde ocorreu o erro. Ele destacou que se o cartão, em algum momento, for rejeitado o problema poderá estar ou no cartão ou na máquina que ler o cartão no ônibus. 

“Como saber? A pessoa tem que se dirigir até a Strans porque lá tem um leitor do cartão que vai registrar toda a ‘vida do cartão’, o que a pessoa fez com o cartão. Se for observado que foi absorvido dois créditos a mais, isso vai estar registrado e o Setut é obrigado a repassar dando mais um crédito ou devolver a quantia em espécie”, disse Francisco Nogueira.

O diretor ressalta que esses casos precisam ser denunciados a Strans para que possa corrigir falhas e melhorar o sistema de transporte público em Teresina. 

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas