Sindicato denuncia desvio de função de PM na Polinter imprimir publicado em: 26 / 03 / 2017

Constantino Junior

Constantino Junior

Representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi), visitaram esta semana a sede da Delegacia de Polícia Estadual (Polinter), para apurar denúncias sobre um possível desvio de função exercido por um policial militar.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpolpi), Constantino Junior, o sindicato recebeu informações que o sargento Sepúlveda, da Policia Militar, estava exercendo a função de perito na Polinter. “Nós recebemos a denúncia que tinha uma sargento da PM fazendo a função de vistoriador. PM tem que está fazendo o seu trabalho de policiamento ostensivo, devidamente fardado, e não está em delegacia. Esse trabalho na Polinter tem que ser feito por um perito. Falei com o delegado Cadena e perguntei a ele o porquê de ele ter deixado o PM exercer uma função que não era dele. De imediato o delegado o afastou da função”, enfatizou o presidente.

Ainda segundo o sindicalista, o desvio de função do PM acaba sobrecarregando toda a corporação. “Já existe uma recomendação do Ministério Publico contrário a isso. Nós já temos uma representação junto a Procuradoria do Trabalho, por desvio de função, ele [PM] fazendo o trabalho na delegacia, acaba desfalcando o policiamento ostensivo nas ruas e, consequentemente, sobrecarrega os seus companheiros, além de que também o mesmo está ocupando o espaço de um policial civil e isso não podemos admitir. Vamos continuar fiscalizando, denunciando e cobrando a responsabilidade do gestor que está colocando de forma indevida o servidor em função que não esteja de acordo, seja ele policial militar ou não”, finalizou.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

0 comentário Comente agora!

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

últimas