Sobe para 10 o número de áreas de risco grave em Teresina imprimir publicado em: 12 / 01 / 2018

perigoCom as fortes chuvas na capital, o número de áreas de risco grave subiu de sete para dez. Ao todo 56 áreas estão em estado de alerta de alagamento, deslizamento ou desabamento. A Defesa Civil, através do mapeamento da cidade, está intensificando o acompanhamento dessas áreas. Em Teresina, a chuva desta quinta-feira (10), atingiu 27 mm e em alguns bairros da zona sul e sudeste chegou aos 40 mm.

Segundo o tenente Sebastião Domingos, agente da Defesa Civil, as áreas são classificas por níveis de risco, podendo ser grave, médio e leve. “Tudo depende das chuvas. Se as chuvas se intensificam mais, uma área de risco leve, como por exemplo, Poty Velho ou o Mocambinho que tem o Dique, podem virar uma área risco grave”, explica.

De acordo com a Defesa Civil Municipal, os bairros que estão em alerta e classificados como áreas de risco grave são, Pedro Balzi, Parque Bumerangue, Taboca do Pau Ferrado na zona sudeste. Parque Vitória e Vila Irmã Dulce na zona sul. Vila Apolônia e Dilma Rousseff na zona norte. Parque Laiane, Vila Madre Teresa e Cidade Jardim na zona leste.

Algumas das famílias que estão nas áreas de risco grave já estão sendo transferidas para outros locais. “Estamos trabalhando com o programa Cidade Solidária, que consiste em uma família acolher a outra. A família que acolhe recebe um auxílio de R$280 e a que é acolhida recebe sexta básica, kits de higiene e em alguns casos colchões”, conta Sebastião Domingos.

A previsão meteorológica para o final de semana na capital é de pancadas de chuva à tarde e noite deste sábado (13) e domingo (14), chegando a mínima de 24º e máxima de 32º.

portalodia.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas