Superintendente do Incra é exonerado em meio a realização de auditoria imprimir publicado em: 02 / 08 / 2014

exonerado
Marcos Felinto de terno na sala do Incra

O superintendente do Incra no Piauí, Marcos Reis Felinto, foi exonerado do cargo pela presidência da República nesta sexta-feira (1º). O afastamento foi publicado no Diário Oficial da União. Felinto, que é advogado, passou menos de dois meses no cargo após desincompatibilização do ex-prefeito Francisco Limma, que saiu da função para disputar uma vaga de deputado estadual. O cargo foi uma indicação do PT.

Carlos Alberto da Silva, que está interino na superintendência, informou  que Marcos Felinto se afastou do cargo por questões pessoais.

“Foi uma decisão dele (Felinto) e estou temporariamente no cargo até nomeação de novo superintendente”, afirmou Carlos Alberto.

O interino nega que a exoneração de Marcos Felinto tem haver com auditoria que será iniciada nesta segunda-feira no órgão. Uma equipe de Brasília vem a Teresina para analisar o andamento dos processos no Piauí.

“É uma auditoria de rotina. Não é por conta do afastamento de superintendente. Isso é de praxe essa visita técnica  e a título de monitoramento”, disse Carlos Alberto.

Ele informou ainda que foi convocado pelo presidente do Incra Nacional, Carlos Guedes de Guedes para uma reunião na terça-feira em Brasília.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas