Taxistas bloqueiam avenida em protesto e pedem porte de arma imprimir publicado em: 23 / 08 / 2016

taxisTaxistas interditam uma das pistas da avenida Marechal Castelo Branco em protesto pela morte de mais um amigo de profissão. Pedro Manoel Neto foi assassinado a tiros durante uma corrida na madrugada de segunda-feira (22).

A categoria tenta audiência na Assembleia Legislativa do Piauí para discutir a questão da segurança. Um dos pontos propostos é o porte de arma para os profissionais.

“Vivemos em um país contraditório. Vidas estão sendo ceifadas repentinamente. Estamos protestando para chamar a atenção da sociedade e dos políticos para que todos possam ver a necessidade de acolhimento da categoria. Essa é a segunda vez que nos manifestamos. Na primeira vez, fomos recebido por um assessor dos deputados, protocolamos nosso pedido, mas não deu em nada”, disse Claudio Veras, diretor de uma das cooperativas de táxi de Teresina.

Da Zona Norte de Teresina, a categoria segue pela avenida Frei Serafim e João XXIII até o velório do amigo de profissão que acontece na região do Grande Dirceu. Motoristas devem evitar a Marechal Castelo Branco no sentido Norte- Sul e buscar rotas alternativas.O outro sentido da avenida já foi liberado, mas o trânsito flui lentamente. Equipes da Polícia Militar estão no local para controlar o tráfego de veículos.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas