TCE pede bloqueio de contas de 20 prefeituras no Piauí imprimir publicado em: 16 / 09 / 2016

TCEO Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) está de olho em várias prefeituras que não informaram onde foi aplicado o dinheiro dos servidores que pagaram pelo regime próprio de Previdência Social. Devido ao problema, já existe o pedido de bloqueio de contas de pelo menos 20 prefeituras do Piauí.

Uma comissão especial do TCE está avaliando como os gestores municipais devem responder sobre o assunto. De acordo com o órgão, a grande maioria das 63 prefeituras piauienses que adotaram o regime próprio de Previdência apresenta possíveis irregularidades na gestão do fundo.

“O que nós estamos constatando é algo extremamente crítico e que precisa de uma atuação mais contundente deste Tribunal. Existem várias situações nos diversos municípios. Muitos deles retém a parte do servidor e não fazem o repasse. Em alguns casos vem se descontando do servidor ao longo do tempo e não existe o repasse”, falou a conselheira Lilian Martins.

Segundo ela, o objetivo do TCE é que os municípios voltem a ter equilíbrio financeiro e atendam o que preconiza a lei no tocante aos regimes de Previdência. O Tribunal quer ainda que a comissão especial formada pelo TCE seja permanente para fiscalizar as prefeituras com relação às previdências próprias.

A solicitação para que as 63 prefeituras enviassem a documentação foi feita pelo Tribunal de Contas ainda em julho, mas 20 delas não deram respostas. Por conta da omissão, o órgão pediu na quarta-feira (15) o bloqueio das contas até que os gestores providenciem as documentações, que também fazem parte da prestação de contas da gestão.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Vale

últimas