TCE vai julgar representação contra o prefeito de Gilbués imprimir publicado em: 31 / 08 / 2016

TCEO Tribunal de Contas do Estado (TCE) vai julgar na próxima segunda-feira (5) representação interposta pelo Ministério Público de Contas contra o prefeito de Gilbués, Francisco Pereira de Sousa, popularmente conhecido como Chiquinho.

O prefeito foi acusado de omissão na disponibilização e divulgação, por meios eletrônicos de acesso público, das informações exigidas em lei para fins de transparência da gestão pública, dessa forma dificultando a fiscalização do órgão.

“O gestor do Município de Gilbués não disponibilizou na internet as informações, em tempo real e de modo satisfatório, que não se limitam às receitas e às despesas exigidas no parágrafo único, II, do art. 48, da LRF, alcançando outras áreas de gestão, tais como os registros de repasses e transferência  financeiras, licitações, contratos celebrados, programas, ações e projetos, dentre outros,  que consequentemente, não estão sendo observadas, de modo efetivo, pelo  município.  Assentado este dever legal, cumpre destacar que a sua transgressão importará em graves sanções, dentre elas, a impossibilidade dos entes receberem transferências voluntárias da União, conforme parte final do art. 73-C da LRF”, explicou o Ministério Público de Contas na representação.

Em sua defesa Francisco Pereira afirmou que não houve qualquer irregularidade no dever de prestar contas, e destacou que em relação aos “contratos cumpre ressaltar que todos os processos licitatórios bem como contrato junto ao município são precedidos todos de licitação” e que ainda apresentou o site que contem todas as informações do município.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas