“Tenho comido pão que diabo amassou”, desabafa governador Zé Filho imprimir publicado em: 24 / 05 / 2014

Ze FilhoO governador do Piauí, Antônio José de Moraes Souza Filho, aproveitou discurso no evento que comemorou os 60 anos da Fiepi para desabafar contra críticas sofridas desde que assumiu o Karnak. Em tom informal e descontraído, o chefe do executivo estadual arrancou sorrisos da platéia ao falar com franqueza.

“Desde que assumi o governo tenho comido o pão que o diabo amassou. Não é brincadeira não Wellington [falou, dirigindo-se ao ex-governador e senador do Piauí]. Muitos acham que podem denegrir minha imagem e entrar na minha vida pessoal”, disse Zé Filho.

Na noite da ultima sexta-feira (23), na sede da Fiepi, foram entregues dez medalhas do Mérito Industrial Simplício Dias. A honraria é a mais alta da Federação das Indústrias do Estado do Piauí. Mas o momento mais polêmico da noite foi quando o governador respondeu a críticas de que seria “mulherengo” e de que gosta de uísque.

ze filho“Eu gosto mesmo de mulher. Começando pela minha mãe, minha esposa exuberante, minhas duas filhas, minha neta e minhas duas irmãs. Agora, se os que me criticam não gostam de mulher: não posso fazer nada. E quem não gosta de festa? Quem não gosta de uísque?”, questionou.

A festa marcava o início das festividades de aniversário da instituição. Uma mostra fotográfica foi montada e estará aberta até o mês de agosto. Os retratos contam, através do tempo, a evolução da Fiepi e a interação com a sociedade. Zé Filho finalizou seu discurso mandando um recado.

“Vou continuar encarando as críticas de frente. Tudo que faço é de peito aberto. Os desafios nos movem, nós fortalecem. Vamos pra cima, vamos pra frente”, disse o governador do Piauí.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas