Teresinense aponta saúde como maior problema da capital, diz Ibope imprimir publicado em: 23 / 08 / 2016

A saúde é o principal problema de Teresina, é o que mostra a pesquisa Ibope divulgada nessa segunda-feira (22). O item foi assinalado por 37% dos entrevistados. O instituto perguntou a 602 pessoas de Teresina, qual a área em que as pessoas estão enfrentado os maiores problemas.

As áreas de segurança pública (21%) e transporte coletivo (9%) completam as três principais preocupações do teresinense. Geração de empregos (5%) e calçamento de ruas e avenidas, e educação vem logo em seguida com 4%.

Lista de áreas onde as pessoas vem enfrentando problemas com maior ou menos gravidade:
– Saúde – 37%
– Segurança pública – 21%
– Transporte coletivo – 9%
– Geração de empregos – 5%
– Educação – 4%
– Calçamento de ruas e avenidas – 4%
– Abastecimento de água – 3%
– Rede de esgoto – 2%
– Corrupção – 2%
– Iluminação pública – 2%
– Trânsito – 2%
– Habitação – 1%
– Meio ambiente -1%
– Impostos e taxas – 1%
– Limpeza pública – 1%
– Opções de lazer – 1%
– Assistência social – 0%
– Administração pública – 0%
– Atividades esportivas – 0%
– Atividades culturais – 0%
– Nenhuma destas – 0%
– Não sabe/não respondeu – 0%

Interesse
A pesquisa Ibope também quis saber qual o interesse dos eleitores pelas eleições. Veja os números:
– Interesse médio pelas eleições – 32%
– Pouco interesse – 26%
– Nenhum interesse – 22%
– muito interesse – 20%
-Não sabe/não respondeu – 1%

Dados da Pesquisa
O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 18 e 21 de agosto em Teresina. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Piauí (TRE-PI) sob o protocolo PI-06717/2016.

Portaldaclube


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Esporte

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas