Tite quer Seleção forte e avisa: ‘Neymar é insubstituível’ imprimir publicado em: 22 / 03 / 2018

titeA Seleção não terá Neymar nos dois últimos amistosos antes da convocação para a Copa do Mundo. O problema se transforma em oportunidade para testar a equipe sem seu principal jogador às vésperas do Mundial. Nas palavras de Tite, o importante é que a equipe seja forte independente de nomes. Mas também faz questão de tirar a pressão sobre Douglas Costa, que vai jogar no lugar do atacante do Paris Saint-Germain contra a Rússia, na próxima sexta, em Moscou.

– Temos que assumir responsabilidade de ser forte enquanto equipe. Não posso colocar nas costas do principal atleta, do mais midiático, a solução das coisas. Kaká disse que foi considerado melhor do mundo porque a equipe estava muito bem. O último Bola de Ouro brasileiro, mas fala da força da equipe, é grandeza. Neymar será forte se a equipe for forte. Não gostaríamos que ele tivesse isso, nem ele, nem Filipe Luís, nem Alex Sandro, fora por se machucarem – resumiu Tite.

O treinador falou ainda sobre a dificuldade de fechar a lista de 23 jogadores para a Copa do Mundo. Ele já confirmou 16 nomes, restam sete vagas. O anúncio será feito em maio.

– É uma dificuldade muito grande, não adianta ser sutil ou simpático, vai ser muito difícil. Pelo tempo de preparação, serão 19 jogos, não tenho condição de oportunizar a todos. Sou repetitivo, mas é a mais pura verdade.

– E dentro das necessidades para a competição. Ser um jogador específico. Considero zagueiros de capacidade muito específicas, é a correção de algum erro que possa acontecer. Nas outras posições versatilidade pode ser muito importante.

Amistoso desta sexta 23/03/2018

Escalação: Alisson, Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Coutinho; Willian, Douglas Costa e Gabriel Jesus
Desfalques: Neymar (fratura no quinto metatarso do pé direito), Filipe Luís (fratura na fíbula da perna esquerda) e Alex Sandro (lesão muscular na coxa direita)
Arbitragem: Aleksei Kulbakov (BLR), auxiliado por Dzmitry Zhuk e Aleh Maslianka (ambos de Belarus)

globoesporte.com

PARTICIPE

PUBLICIDADE

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas