TJ nega pedido de reajuste de insalubridade a médicos do PI imprimir publicado em: 31 / 08 / 2017

Tribunal de JustiçaO Tribunal de Justiça negou, nesta quinta-feira(31), o pedido do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi) para que o Estado pague a insalubridade a que a categoria tem direito, correspondente a 20% do salário bruto.

O Simepi informou que vai recorrer da ação, mas que não vai se manifestar. O valor da insalubridade pago atualmente é de R$ 400, fixado ainda em 2007.

O Tribunal de Justiça negou, nesta quinta-feira(31), o pedido do Sindicato dos Médicos do Piauí (Simepi) para que o Estado pague a insalubridade a que a categoria tem direito, correspondente a 20% do salário bruto.

O Simepi informou que vai recorrer da ação, mas que não vai se manifestar. O valor da insalubridade pago atualmente é de R$ 400, fixado ainda em 2007.

Cidadeverde.com


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas