Vereadores pressionam prefeito Firmino Filho por indicações imprimir publicado em: 27 / 03 / 2017

camaraUm grupo de vereadores recém-eleitos devem se reunir esta semana na Câmara Municipal de Teresina para traçarem formas de pressionar o prefeito Firmino Filho (PSDB) a liberar oportunidades de indicações para os aliados. Desde que assumiram em janeiro, os novatos estão aguardando o sinal positivo do Palácio da Cidade, mas até o momento, o único sinal dado foi para o corte de 800 cargos comissionados, o que mostra a indisposição do tucano em acomodar qualquer aliado que seja.

Um vereador da cidade, que pediu reserva de seu nome, disse que a demora do prefeito tem prejudicado inclusive o trato com as lideranças comunitárias. Diariamente, seu gabinete recebe uma série de apoiadores que cobram as ajudas que foram prometidas durante a campanha.

“É difícil trabalhar quando se tem uma série de compromissos a serem honrados, mas que não dependem de mim. No meu gabinete tenho em média uns 100 curriculum de pessoas que vão pedir empregos”, comenta o parlamentar.

O parlamentar disse que tem recebido diversas ligações de secretários próximos do prefeito. Eles afirmam que o tucano gosta do parlamentar e vislumbra um futuro político, no entanto, pede mais paciência para a liberação das indicações. “O prazo que me deram é para junho”, comenta.

Ele diz ainda que nem mesmo uma agenda com o prefeito tem conseguido marcar. Foram pelo menos duas tentativas na semana passada, mas a secretária diz que o prefeito tem outros compromissos. “Estive com ele somente uma vez depois que fomos eleitos. Depois disso não tivemos mais contato. Só tenho informações através de secretários dele”, lamenta.

Alguns vereadores estão com os gabinetes lotados. Além de terem a verba de gabinete comprometida, a saída encontrada para manter as bases eleitorais nas comunidades é acomodando os apoiadores com recursos provenientes da verba indenizatória. Para muitos parlamentares, os recursos ganhos com o mandato ainda não têm compensado os gastos feitos na campanha. O prefeito tem a todo custo usado seus interlocutores na Câmara, como Graça Amorim (PMB) e Jeová Alencar (PSDB) para tentar acalmar os parlamentares, mas ao que parece a paciência já esgotou.


PDF pagePrint page

PARTICIPE

PUBLICIDADE

    Vale Vermelho

REDE SOCIAl

PUBLICIDADE

    Physio II

últimas